É preciso muita poesia na alma para encarar...
É preciso muita fé no ser humano para suportar...
É preciso muita luta interna para não desanimar...
E é preciso, antes de mais nada, ser um eterno aprendiz para só assim aprender a ensinar!
Loading...
Carregando...

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

PROJETO DE GEOGRAFIA – MEIO AMBIENTE

JUSTIFICATIVA
Como a mais recente das linguagens, a informática complementa e serve de arcabouço tecnológico para as várias formas de comunicação tradicionais. A trajetória do computador na vida brasileira tem sido semelhante à da televisão. Saber operar um microcomputador é condição de empregabilidade.
O acelerado aumento do conhecimento humano, seu uso comunitário e a respectiva transferência dessa aquisição a quaisquer distâncias, tornam a informática um elemento do processo de comunicação e, portanto, um código, que designa como linguagem digital. É relevante notar que a informática é fruto e, ao mesmo tempo, mola propulsora do processo, criando-se, portanto, um ciclo de grande amplitude. O uso de informações, através da linguagem digital, tem transformado o cotidiano da sociedade não só como mundo globalizado, mas também como realidade especifica de cada região.
A organização das atividades em torno de projetos favorece a compreensão da multiplicidade de aspectos que compõem a realidade, uma vez que permite a articulação de contribuições de diversos campos de conhecimento. Esse tipo de organização permite que se dê relevância às questões atuais, além de contribuir para uma aprendizagem mais significativa, já que cria motivação nos alunos e oportunidade de trabalho com autonomia.
No mundo atual, faz-se necessária uma proposta educacional adequada às necessidades sociais, políticas, econômicas e culturais da realidade, que considere os interesses dos alunos e garanta as aprendizagens essenciais para a formação de cidadãos autônomos, críticos, participativos, capazes de atuar com competência, dignidade e responsabilidade na sociedade em que vivem.
A educação é elemento indispensável para a transformação da consciência ambiental. Nesse contexto, fica evidente a importância de se educar os futuros cidadãos brasileiros para que, como empreendedores, venham a agir de modo responsável e com sensibilidade, conservando o ambiente saudável no presente e para o futuro.
A nova educação ambiental visa formar uma geração mais consciente de seu papel no mundo. Até algum tempo atrás era apenas um espaço para debater a preservação de animais e florestas. Hoje, a educação ambiental é muito mais que isso. Sua principal missão é revelar a necessidade de consumir de forma responsável agora, para que a Terra continue um lugar habitável no futuro.
OBJETIVO GERAL
-    Oferecer meios efetivos para que cada aluno compreenda os fatos naturais e humanos a respeito do meio ambiente, desenvolva suas potencialidades e adote posturas pessoais e comportamentos sociais que lhes permita viver uma relação construtiva consigo mesmo e com o seu meio. Colaborando para que a sociedade seja ambientalmente sustentável e socialmente justa, protegendo, preservando todas as manifestações de vida no planeta e garantindo as condições para que ela prospere em toda a sua força, abundância e diversidade.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
-    Perceber que somos interdependentes da natureza e as relações de causa e efeito condiciona a vida no espaço e no tempo.
-    Conhecer e compreender, de modo integrado e sistêmico, as noções básicas relacionadas ao consumo responsável, energia, água e lixo.
-    Adotar posturas que levem à interações construtivas, justas e ambientalmente sustentáveis.
-    Observar e analisar fatos e situações do ponto de vista ambiental, de modo crítico, reconhecendo a necessidade e as oportunidades de atuar de modo reativo para garantir um meio ambiente saudável e a boa qualidade de vida.
-    Perceber, apreciar e valorizar a diversidade natural e sócio-cultural, adotando posturas de respeito aos diferentes aspectos e formas de patrimônio natural, étnico e cultural.
-    Reconhecer a informática como ferramenta para novas estratégias de aprendizagem, capaz de contribuir de forma significativa para o processo de construção do conhecimento, nas diversas áreas.
-    Enriquecer o currículo do aluno, pois ao final do curso ele receberá um certificado de conclusão do mesmo com o aval da Rede Senai de Ensino à Distância;
DESENVOLVIMENTO
Em nosso projeto, os alunos farão um curso on-line, a ser realizado em um site da Rede SENAI de Educação à Distância. O professor (a) da Disciplina (Geografia), assim como o Coordenador (a) do Laboratório de Informática serão responsáveis pelo suporte aos alunos na realização do Curso em questão, seguindo alguns critérios:
-    Divisão das turmas para a realização do projeto;
-    Participação ativa dos alunos em pesquisas e produções de referenciais ao longo do projeto em forma de registro que todos possam compartilhar.
As etapas do projeto (curso) são previamente planejadas de forma a comportar as atividades que se pretende realizar dentro do tempo e do espaço que se dispõe, para que os alunos tomem coletivamente, decisões sobre o desenvolvimento do trabalho, assim como conheçam e discutam a produção uns dos outros.
PÚBLICO-ALVO.
Todos os alunos – 9º ano do Ensino Fundamental.
CRONOGRAMA
O projeto será oferecido durante a terceira etapa do o ano letivo de 2010, como atividade dentro do horário e extra-horário. Por se tratar de um “Curso on-line”, o mesmo pode ser realizado em outro local, sem prejuízo para o aprendizado do aluno, ao contrário, quando se sentem livres de pressões os envolvidos se tornam mais produtivos.

CONTEÚDO DO CURSO
-    Meio Ambiente;
-    Ambiente Natural;
-    Ambiente Construído;
-    Recursos Naturais Renováveis e Não Renováveis;
-    Evolução e desenvolvimento do Meio Ambiente;
-    Ecologia / Biosfera;
-    Ecossistema / Habitat;
-    Tipos de seres;
-    Ciclos Geobioquímicos;
-    Poluição;
-    Poluição do Ar;
-    Poluição da Água;
-    Poluição do Solo;
-    A Questão Demográfica;
-    Hábitos de Consumo;
-    Conseqüências dos Hábitos de Consumo;
-    A diferença entre Preservar e Conservar;
-    Prevenção da Poluição;
-    Descarte de Resíduos Sólidos;
-    Economia de Água;
-    Economia de Energia Elétrica;
-    Biodiversidade;
-    Modelo de Desenvolvimento Sustentável;
-    Extinção de espécies;
-    Uso de transgênicos;
-    Agenda 21;
-    Reaproveitamento e reciclagem de recursos;
-    Mudança de comportamento;
-    Fases da Educação Ambiental;
-    Ações para conscientização e prática da educação ambiental;
-    Educação para a Qualidade Ambiental;
-    Mecanismos para garantir melhor qualidade ambiental;
-    A questão econômica e as normas ISO 14000;
AVALIAÇÃO
A avaliação será feita no próprio curso durante todo o processo, pois delas dependem os passos seguintes e a avaliação final. A participação deve ser avaliada, ao longo do desenvolvimento do projeto, sem a necessidade de se criar situações artificiais de avaliação.
A realização desse curso on-line será considerada uma atividade escolar e, portanto, passível de pontuação, que será definida juntamente com a Direção e Coordenação da Escola.


CONCLUSÃO
A escola precisa informar a nova geração sobre a gravidade dos problemas ambientais e incentivar os alunos na busca de soluções. A Terra é um paciente doente e sua recuperação depende da mudança de posturas e hábitos já cristalizados em nossa civilização moderna. O número de espécies diminui, o desmatamento aumenta, os reservatórios de água são cada vez mais escassos e poluídos, para se fabricar produtos florestas são destruídas e o consumo produz toneladas e mais toneladas de lixo.
À escola cabe mostrar de onde vem a comida e a água, para onde vão o esgoto e o lixo. Todos precisam entender a dinâmica entre o meio ambiente e a vida moderna, aprendendo a preservar o planeta em todas as atitudes do cotidiano.
A informática encontra-se presente na nossa vida cotidiana e incluí-la como componente nas atividades curriculares significa preparar os estudantes para o mundo tecnológico e cientifico, aproximando a escola do mundo real e contextualizado.
PROFESSOR RESPONSÁVEL
Luciano Rodrigues Gallo.
CRONOGRAMA
O projeto será oferecido durante a terceira etapa do o ano letivo de 2010, como atividade dentro do horário e extra-horário. Por se tratar de um “Curso on-line”, o mesmo pode ser realizado em outro local, sem prejuízo para o aprendizado do aluno, ao contrário, quando se sentem livres de pressões os envolvidos se tornam mais produtivos.
Início:        25/10/2010 (primeira turma).
Término:    25/11/2010 (última turma).
Durante o horário de aula o curso será realizado nas aulas de Geografia, no período matutino entre os dias 25/10/2010 e 25/11/2010.
As datas de início e término, bem como a distribuição de aulas das turmas envolvidas no projeto, segue abaixo.
9º Ano 1:
¾    03/11/10 – Duas aulas; (Inscrição e Início do curso).
¾    05/11/10 – Uma aula;
¾    10/11/10 – Duas aulas;
¾    12/11/10 – Uma aula;
¾    17/11/10 – Duas aulas. (Término previsto).
¾    23/11/10 – Data limite para término.
9º Ano 2
¾    25/10/10 – Duas aulas; (Inscrição e Início do curso).
¾    29/10/10 – Uma aula;
¾    05/11/10 – Uma aula;
¾    08/11/10 – Duas aulas;
¾    12/11/10 – Uma aula. (Término previsto).
¾    15/11/10 – Data limite para término.
9º Ano 3
¾    27/10/10 – Duas aulas; (Inscrição e Início do curso).
¾    03/11/10 – Duas aulas;
¾    05/11/10 – Uma aula;
¾    10/11/10 – Duas aulas;
¾    12/11/10 – Uma aula. (Término previsto).
¾    17/11/10 – Data limite para término.
9º Ano 4
¾    26/10/10 – Uma aula; (Inscrição e Início do curso).
¾    29/10/10 – Uma aula;
¾    03/11/10 – Uma aula;
¾    05/11/10 – Uma aula;
¾    09/11/10 – Uma aula;
¾    10/11/10 – Uma aula;
¾    12/11/10 – Uma aula;
¾    16/11/10 – Uma aula. (Término previsto).
¾    16/11/10 – Data limite para término.
9º Ano 5
¾    05/11/10 – Uma aula; (Inscrição e Início do curso).
¾    08/11/10 – Duas aulas;
¾    12/11/10 – Uma aula;
¾    19/11/10 – Uma aula;
¾    22/11/10 – Duas aulas; (Término previsto).
¾    25/11/10 – Data limite para término.


CONCLUSÃO
Atualmente existe uma grande discussão a respeito do uso adequado da informática como ferramenta para o aprendizado dos alunos, sendo este um dos grandes desafios na Educação atual.
Nas Escolas Municipais de Itaú de Minas contamos, em todas elas, com laboratórios de informática atualizados, além de profissionais capacitados garantindo um suporte no uso mais adequado dessas ferramentas.
Uma das formas de ensino/aprendizado que tem crescido muito ultimamente é a educação à distância, através de cursos de curta duração, de graduação e pós-graduação, entre outros.
Durante a Terceira Etapa na Escola Municipal Engº. Jorge Oliva foi realizado um projeto envolvendo a área de Geografia e o Laboratório de Informática de Escola (Proinfo) sob a Coordenação do professor de Geografia Luciano Rodrigues Gallo.
No referido projeto os alunos das cinco turmas do 9º Ano da Escola realizaram um curso de “Educação Ambiental” à distância (on-line).

O curso foi realizado no SENAI através de um programa chamado “Educação para a Nova Indústria”.

No site:
“O SENAI oferece cursos gratuitos à distância sobre temas transversais que desenvolvem capacidades para a iniciação no mundo do trabalho ou, no caso de quem já está trabalhando, para a atualização das competências profissionais. Os temas disponíveis atualmente são: Educação Ambiental, Empreendedorismo, Legislação Trabalhista, Segurança do Trabalho, Tecnologia da Informação e Comunicação e Propriedade Intelectual.”

Ao término do curso os alunos receberão um Certificado de conclusão, enriquecendo assim o currículo.
No entanto, durante a realização do projeto, constatou-se outras vantagens, além das pretendidas na sua elaboração. Dentre elas podemos destacar:

Um maior interesse no assunto, pois o mesmo está sendo abordado de uma forma muito mais interessante para os alunos;
Maior interesse de determinados alunos pelos outros cursos oferecidos pelo SENAI, pois ao término do curso de “Educação Ambiental” optaram, por iniciativa própria, pela realização de outros cursos;
Muitos alunos precisaram providenciar seus documentos pessoais (CPF e RG), pois sem os mesmos a realização do curso era inviabilizada.
Todos os alunos das cinco turmas participaram do projeto, porém alguns fizeram o curso sem receber o certificado, pois não se inscreveram no site, ou seja, adquiriram apenas o conhecimento.
Quatro alunos deixaram de completar o curso perdendo o prazo para a realização do mesmo.


Este é o primeiro projeto realizado pala Escola Jorge Oliva nesse sentido, e, acreditamos ter atingido o objetivo proposto.
Para o professor a experiência foi válida, pode e deve ser repetida com outros alunos em outros níveis.
A escola acredita que com a realização deste projeto abriu uma nova janela para que outros professores utilizem a Internet como ferramenta para aquisição de conhecimento dos alunos e deles próprios.

2 comentários:

Vanessa Vasconcelos Horner disse...

Muito interessante o projeto, Luciano! Parabens pelo trabalho e sucesso nos proximos!

Anônimo disse...

muiiiiiiito bom mesmo parabens!
continuem assim incentivando nossos alunos para que eles sejam o futuro melhor a respeito da mae natureza.

Related Posts